quarta-feira, 31 de maio de 2017

Taças – Taça Agência Ford (1925)

No dia 6 de dezembro de 1925, a Nardini, Faraone & Cia. ofereceu a Taça Agência Ford ao vencedor do amistoso entre Corinthians e Rio Branco disputado no estádio da rua Doze de Novembro, em Americana.

Não há informações sobre os autores dos gols, mas o confronto terminou com vitória corinthiana por 2x1.

Time-base: Moreno; Grané e Pinheiro; Leone, Rafael e Gelindo; Lotito, Apparício, Gambarotta, Melinho e Braun. Técnico: Guido Giacominelli.

Para ver uma lista com todas as taças da história do Corinthians, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outras taças da história do Corinthians, clique aqui.
                  

terça-feira, 30 de maio de 2017

Taças – Taça Studebaker (1925)

Em 1925, no dia 15 de novembro, o Corinthians enfrentou o... XV de Novembro! O amistoso, realizado no Gymnásio de Jaú no dia do aniversário da Proclamação da República, terminou 3x0 para o Corinthians.

Não foram encontradas informações sobre os autores dos gols e nem sobre a escalação corinthiana naquele dia, mas sabe-se que foi colocada em disputa na ocasião a Taça Studebaker, nome de uma fábrica norte-americana de veículos.

Para ver uma lista com todas as taças da história do Corinthians, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outras taças da história do Corinthians, clique aqui.
                  

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Taças – Taça Guido Giacominelli (1925)

No dia 1º de março de 1925, o Corinthians bateu o Comercial por 5x0 em um amistoso realizado no estádio Municipal de Catanduva.

Não se conhece a escalação das equipes naquele confronto e nem os autores dos gols, mas se sabe que o confronto valeu a Taça Guido Giacominelli, oferecida pelo Comercial, que homenageava o então técnico corinthiano.

Para ver uma lista com todas as taças da história do Corinthians, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outras taças da história do Corinthians, clique aqui.
                  

Pós-jogo: Atlético-GO 0x1 Corinthians

Campeonato Brasileiro 2017 – 3ª rodada

Ah, as "goleadas" por 1x0...

Elas quase matam a gente do coração, é verdade. Mas o importante é que valem três pontos como qualquer outra vitória.

E são pontinhos como esses que nos colocaram na liderança do Brasileirão após três rodadas disputadas.

Próximo jogo: 3/6, contra o Santos, em casa, pelo Brasileirão.

Veja o gol no vídeo:


Para ver os posts dos outros jogos do Campeonato Brasileiro 2017, clique aqui.
         

Agenda – 27 de maio

No dia 27 de maio de:

  • 2001 Corinthians empatou com o Botafogo de Ribeirão Preto em 0x0 e conquistou o Campeonato Paulista de 2001o 24º de sua história.
  •            
      Para ver outras datas importantes da história do Corinthians 
      na nossa agenda, clique aqui.
              

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Taças – Taça Joalheria Castro (1925)

No dia 25 de janeiro de 1925, foi inaugurado o estádio da Portuguesa, na rua Cesário Ramalho, bairro do Cambuci.

Além de uma partida preliminar, fez parte do evento de inauguração o amistoso entre Corinthians e Braz Athletic Club (antigo Minas Gerais Futebol Clube). E o forte time do Corinthians, que havia sido campeão paulista há apenas duas semanas, mal tomou conhecimento do adversário: aplicou uma goleada por 4x0, com dois gols de Neco, um de Napoli e um de Rodrigues.

Time-base: Moreno; Grané e Pinheiro; Gelindo, Rueda e Leone; Apparício, Neco, Gambarotta, Napoli e Rodrigues. Técnico: Guido Giacominelli.

Para ver uma lista com todas as taças da história do Corinthians, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outras taças da história do Corinthians, clique aqui.
                  

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Agenda – 25 de maio

No dia 25 de maio de:

  • 1952 nasceu Adenor Leonardo Bacchi, o Tite, treinador do Corinthians de 2004 a 2005, de 2010 a 2013 e de 2015 a 2016.
  •            
      Para ver outras datas importantes da história do Corinthians 
      na nossa agenda, clique aqui.
                       

terça-feira, 23 de maio de 2017

Agenda – 23 de maio

No dia 23 de maio de:

  • 1932 nasceu Dino Sani, meio-campista que atuou no Corinthians de 1965 a 1968 e treinador do clube de 1969 a 1970.

  • 1964 nasceu Wilson Mano, meio-campista que atuou no Corinthians de 1986 a 1992 e em 1994.
  •            
      Para ver outras datas importantes da história do Corinthians 
      na nossa agenda, clique aqui.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Pós-jogo: Vitória 0x1 Corinthians

Campeonato Brasileiro 2017 – 2ª rodada

Primeira vitória corinthiana no Brasileirão 2017!

Como de costume, fizemos uma excelente partida como visitante e trouxemos um ótimo resultado para casa.

O nome do gol, como de costume, foi Jô.

E, como de costume, um Corinthians desacreditado vai comendo pelas beiradas e se mostrando um time bastante difícil de ser batido.

Tomara essa história acabe com um final feliz, como de costume.

Próximo jogo: 28/5, contra o Atlético-GO, fora de casa, pelo Brasileirão.

Veja o gol no vídeo:


Para ver os posts dos outros jogos do Campeonato Brasileiro 2017, clique aqui.
         

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Agenda – 19 de maio

No dia 19 de maio de:

  • 2013 Corinthians empatou com o Santos em 1x1 e conquistou o Campeonato Paulista de 2013, o 27º de sua história.
  •            
      Para ver outras datas importantes da história do Corinthians 
      na nossa agenda, clique aqui.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Agenda – 18 de maio

No dia 18 de maio de:

  • 1949 nasceu Zé Maria, lateral-direito que atuou no Corinthians de 1970 a 1983 e treinador do clube em 1983.

  • 1959 nasceu Biro-Biro, meio-campista que atuou no Corinthians de 1978 a 1988.

  • 2014 ocorreu a inauguração da Arena Corinthians, contra o Figueirense. Placar: 0x1.
  •            
      Para ver outras datas importantes da história do Corinthians 
      na nossa agenda, clique aqui.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Taças – Taça Cântara Portugália (1922)

Os aviadores Sacadura Cabral e Gago Coutinho já haviam sido homenageados pelo futebol paulista na disputa da taça que levava os seus nomes, em abril de 1922, ocasião em que o Corinthians ficou com o troféu.

Outra celebração a eles também foi vencida pelo Corinthians: em um amistoso disputado no dia 9 de julho, cuja renda foi revertida aos órfãos portugueses da Primeira Guerra e à construção do Monumento à Raça, o engenheiro e arquiteto Ricardo Severo ofereceu uma nova taça, toda de prata, para o vencedor do confronto entre Corinthians x Palestra Itália, que já despontava como o clássico de maior rivalidade em São Paulo. Era a Cântara Portugália, que inclusive se tratava do troféu mais caro já colocado em disputa na história do futebol brasileiro.

E em pleno Parque Antártica, com a presença dos dois aviadores no camarote, um gol de Gambarotta e outro de Neco deram ao Corinthians a vitória por 2x0 e também a honra de levar para casa o tão importante troféu.

Time-base: Mário; Garcia e Del Debbio; Rafael, Amílcar e Gelindo; Peres, Neco, Gambarotta, Tatu e Rodrigues. Técnico: Guido Giacominelli.

Para ver uma lista com todas as taças da história do Corinthians, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outras taças da história do Corinthians, clique aqui.
                  

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Taças – Taça Cabral-Coutinho (1922)

Artur de Sacadura Freire Cabral e Carlos Viegas Gago Coutinho foram dois aviadores portugueses que, no ano de 1922, em comemoração ao primeiro centenário da Independência do Brasil, partiram de Lisboa em um hidroavião com destino ao Rio de Janeiro naquela que seria a primeira travessia aérea do Atlântico Sul.

Para homenageá-los, uma taça que levava os nomes dos dois heróis (Taça Cabral-Coutinho, também chamada de Taça Sacadura-Coutinho ou Taça Sacadura Cabral e Gago Coutinho por algumas fontes) foi colocada em disputa em um amistoso entre Corinthians e Sírio jogado no estádio da Floresta em 9 de abril daquele ano, sendo a taça instituída pelo próprio Sírio. O jogo, assim como suas partidas preliminares, fazia parte de um festival em benefício das instituições de caridade Hospital Sírio, Mão Branca e Instituto Anália Franco.

De goleada – 6x1, gols de Peres, Neco (três vezes), Tatu e Amílcar –, vencemos a partida e garantimos a posse do troféu.

Time-base: Mário; Nando e Garcia; Rafael, Amílcar e Gelindo; Peres, Tatu, Gambarotta, Neco e Rodrigues. Técnico: Guido Giacominelli.

Para ver uma lista com todas as taças da história do Corinthians, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outras taças da história do Corinthians, clique aqui.
                  

Agenda – 15 de maio

No dia 15 de maio de:

  • 2002 Corinthians empatou com o Brasiliense em 1x1 e conquistou a Copa do Brasil de 2002, a 2ª de sua história.
  •            
      Para ver outras datas importantes da história do Corinthians 
      na nossa agenda, clique aqui.
              

Pós-jogo: Corinthians 1x1 Chapecoense

Campeonato Brasileiro 2017 – 1ª rodada

Não foi a estreia dos sonhos, é verdade. Mas considerando o cansaço físico e mental dos jogadores após seguidas decisões disputadas e também o fato de que muitos até doentes estavam, não podemos exigir tanto.

Mas de qualquer forma, fato é que o Corinthians precisa reaprender a jogar bem quando precisa propor o jogo. Como visitante, explorando contra-ataques, já se provou letal; mas em casa, tendo a bola nos pés, falta criatividade. Tomara nosso treinador consiga dar um jeito no time do meio pra frente, já que a defesa já está arrumada.

Próximo jogo: 21/5, contra o Vitória, fora de casa, pelo Brasileirão.

Veja os gols no vídeo:


Agenda – 13 de maio

No dia 13 de maio de:

  • 2001 aconteceu a partida contra o Santos pela semifinal do Campeonato Paulista com o histórico gol de Ricardinho, que valeu a classificação corinthiana, faltando 10 segundos para o fim do jogo.
  •            
      Para ver outras datas importantes da história do Corinthians 
      na nossa agenda, clique aqui.
          

Agenda – 12 de maio

No dia 12 de maio de:

  • 2002 Corinthians empatou com o São Paulo em 1x1 e conquistou o Torneio Rio-São Paulo de 2002, o 5º de sua história.
  •            
      Para ver outras datas importantes da história do Corinthians 
      na nossa agenda, clique aqui.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Pós-jogo: Universidad de Chile-CHI 1x2 Corinthians

Copa Sul-Americana 2017 – Primeira fase: jogo de volta

Após o 2x0 conquistado em casa no jogo de ida, bastava administrar a vantagem para avançarmos na Sul-Americana. Mas o Corinthians fez melhor: mesmo jogando como visitante, conseguiu impor o seu estilo e conquistar mais uma vitória, por 2x1, novamente com gols da dupla Jadson e Rodriguinho.

Agora é aguardar o sorteio para conhecermos nosso adversário da segunda fase.

Próximo jogo: 13/5, contra a Chapecoense, em casa, pelo Brasileirão.

Veja os gols no vídeo:


Para ver os posts dos outros jogos da Copa Sul-Americana de 2017, clique aqui.
      

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Agenda – 10 de maio

No dia 10 de maio de:

  • 1952 nasceu Vanderlei Luxemburgo, treinador do Corinthians em 1998 e em 2001.
  •            
      Para ver outras datas importantes da história do Corinthians 
      na nossa agenda, clique aqui.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Agenda – 9 de maio

No dia 9 de maio de:

  • 1927 nasceu Idário, lateral-direito que atuou no Corinthians de 1949 a 1959.
           
    Para ver outras datas importantes da história do Corinthians 
    na nossa agenda, clique aqui.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Títulos – Campeonato Paulista de 2017

"A quarta força do futebol paulista". Assim foi definido o Corinthians pela imprensa especializada no início de 2017.

Tamanha descrença na equipe até se justificava: nossa temporada de 2016 havia terminado de forma decepcionante, as novas contratações não empolgavam ninguém, a efetivação do ex-interino Fábio Carille como novo técnico ainda se mostrava uma incógnita... Enquanto isso, os rivais eram paparicados sem parar pela mídia esportiva. Todo mundo só se esqueceu de um detalhe fundamental: quando se trata de Corinthians, quanto mais desacreditado, mais a gente cresce e demonstra a nossa força. Assim, todo esse descrédito seria fundamental para mexer com os brios do grupo e acabou contribuindo para mais um título estadual na história corinthiana.

O campeonato enxuto trazia apenas 16 participantes. Seguindo a fórmula dos anos anteriores, as equipes seriam divididas na primeira fase em quatro grupos, mas cada uma enfrentaria apenas os 12 times dos demais grupos, não sendo realizados jogos entre times da mesma chave. Finalizada a primeira fase, os dois melhores de cada grupo avançariam para as quartas de final.

Sorteados no Grupo A, estreamos batendo o São Bento por 1x0 fora de casa, com gol de Jô, 11 anos depois de deixar sua marca com a camisa do Timão pela última vez. Só que logo na segunda rodada, fomos surpreendidos pelo fraco Santo André em plena Arena Corinthians e acabamos derrotados por 2x0, talvez o pior resultado da história do nosso estádio. Seriam necessários muita humildade e trabalho para colocar tudo nos trilhos, e assim fomos enfileirando "goleadas" por 1x0 até o time se acertar.

Mas o verdadeiro divisor de águas foi o clássico contra o Palmeiras disputado em nossa Arena pela quinta rodada. Na ocasião, comemorava-se o Derby Centenário, já que o primeiro jogo entre as duas equipes foi disputado em 1917, e aconteceu de tudo – até o maior erro de arbitragem no confronto em todos os tempos, com a expulsão do volante Gabriel por uma falta que quem cometeu havia sido o Maycon. Mas mesmo com um jogador a menos, demonstrando muita determinação e uma disciplina tática invejável, jamais desistimos da vitória, que veio graças a Jô, autor do inacreditável 1x0 aos 41 minutos do segundo tempo, 20 segundos após pisar no gramado vindo do banco de reservas. Era um Corinthians com muita raça, como há tempos não se via.

A sequência foi razoavelmente tranquila, com destaque para a estrela de Jô, que brilharia também nos outros dois clássicos do primeiro turno: ele marcaria na vitória por 1x0 sobre o Santos e no empate em 1x1 com o São Paulo, o que fez com que recebesse da torcida o apelido de "God of Clássicos".

O time, agora mais acertado, mostrou que também era cascudo. Tendo como principais nomes os garotos da base, que finalmente começaram a ter oportunidades, a zaga quase intransponível formada por Balbuena e Pablo e a dupla Jadson e Rodriguinho no meio de campo, garantimos com folgas a primeira colocação do grupo e ficamos apenas um ponto atrás do rival Palmeiras na classificação geral.

Nas quartas, enfrentaríamos o segundo colocado de nosso grupo, o Botafogo de Ribeirão Preto. Nesse confronto, embora em momento nenhum tenhamos ficado ameaçados de perder a vaga, faltou bola: apenas empatamos em 0x0 em Ribeirão e vencemos por 1x0, gol de Rodriguinho, em casa.

Futebol bem jogado, de verdade, apresentamos na semi, contra o rival São Paulo. Na ida, o 2x0 para o Timão em pleno Morumbi, com mais um gol de Jô e outro de Rodriguinho, foi considerado o placar justo de uma partida taticamente perfeita. Na volta, bastou o 1x1 na Arena – gol, claro, de Jô, que marcou cinco gols em cinco clássicos no campeonato – para assegurarmos a vaga em mais uma final estadual.

E 40 anos após a mítica quebra do jejum corinthiano, quis o destino que nosso adversário na final fosse a Ponte Preta, mesma equipe que enfrentamos na decisão de 1977. Ponte Preta, aliás, credenciada por ter eliminado Santos e Palmeiras, inclusive goleando este último por 3x0 na semifinal.

Mas enquanto uns perdem de três em Campinas, outros vencem: com uma exibição de gala, Rodriguinho (duas vezes) e Jadson garantiram o 3x0, trazendo uma vantagem enorme para casa. E no dia 7 de maio, na partida número 100 disputada na Arena Corinthians, o 28º título paulista da história corinthiana se concretizou. Fizemos 1x0, com um merecido gol do antes criticado Romero, o maior artilheiro da história do estádio, que já havia se transformado em um legítimo símbolo da raça corinthiana e em peça-chave do esquema tático do técnico Carille. No fim das contas, a Ponte até empatou, e o jogo terminou em 1x1, mas assim como já havia acontecido nas decisões paulistas de 1999 e 2001, a vantagem por três gols construída na partida de ida foi mais que suficiente para a conquista.

Foi a primeira taça levantada em nossa Arena, o primeiro título comemorado em estádio próprio desde 1939, quando conquistamos o Campeonato Paulista jogando no Parque São Jorge, e também a primeira vez que um goleiro ergueu a taça como capitão, já que Cássio recebeu a braçadeira na ocasião.

Pra aumentar a festa, os campeões de 1977 foram homenageados em uma dupla volta olímpica com os troféus de 2017 e 1977, comemoração que contou com a presença dos ídolos Tobias, Zé Maria, Wladimir, Vaguinho e Basílio.

Fomos bem até na premiação, já que tivemos cinco eleitos para a seleção do campeonato: Fagner, Pablo, Guilherme Arana, Rodriguinho e Jô, além do técnico Fábio Carille.



Time-base: Cássio; Fagner (Léo Príncipe), Balbuena (Pedro Henrique), Pablo e Guilherme Arana (Moisés); Gabriel (Paulo Roberto), Maycon (Camacho) (Marciel), Jadson (Pedrinho) (Fellipe Bastos) e Rodriguinho (Marquinhos Gabriel) (Marlone); Romero (Léo Jabá) (Clayton) e Jô (Kazim). Técnico: Fábio Carille.

Para ver uma lista com todos os títulos da história do Corinthians, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outros títulos da história do Corinthians, clique aqui.
                  

Pós-jogo: Corinthians 1x1 Ponte Preta

Campeonato Paulista 2017 – Final: jogo de volta

28 vezes Corinthians...

Próximo jogo: 10/5, contra a contra a Universidad de Chile-CHI, fora de casa, pela Sul-Americana.

Veja os gols no vídeo:


Para ver os posts dos outros jogos do Campeonato Paulista de 2017, clique aqui.
      

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Taças – Taça Ao Preço Fixo (1921)

Outro troféu com um nome no mínimo esdrúxulo, a Taça Ao Preço Fixo esteve em disputa no amistoso entre o Corinthians e o selecionado da Associação Santista de Esportes Atléticos realizado em Santos no dia 13 de maio de 1921, partida essa que marcava a inauguração no estádio Dr. Arnaldo Guinle, campo do Brasil Football Club.

O troféu levava o nome de uma importante casa comercial da capital paulista e foi oferecido pelo Asilo de Órfãos, que teve revertida para si a renda gerada pelo evento.

O Corinthians venceu a partida por 2x1, com gols de Neco e Tatu.

Time-base: Ernesto; Nando e Gano; Roberto, Amílcar e Ciasca; Américo, Tatu, Gambarotta, Neco e Garcia. Técnico: Guido Giacominelli.

Para ver uma lista com todas as taças da história do Corinthians, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outras taças da história do Corinthians, clique aqui.
                  

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Agenda – 3 de maio

No dia 3 de maio de:

           
Para ver outras datas importantes da história do Corinthians 
na nossa agenda, clique aqui.

Taças – Taça Antarctica (1921)

A primeira partida do Corinthians na temporada 1921 valeu troféu: a Taça Ida. A segunda também valeria: oferecida pela conhecida empresa homônima de bebidas, a Taça Antártica foi conquistada pelo Corinthians no dia 20 de fevereiro de 1921, no estádio da Ponte Grande, após uma goleada por 4x2 sobre o São Bento – sim, o mesmo São Bento que já havia sido derrotado por nós no ano anterior na disputa das Taças Neco e Doutor Arnaldo Vieira de Carvalho.

Não se tem informações sobre quem marcou os gols nesse jogo.

Time-base: Mário; Nando e Gano; Roberto, Amílcar e Ciasca; Américo, Garcia, Gambarotta, Neco e Roverso. Técnico: Guido Giacominelli.

Para ver uma lista com todas as taças da história do Corinthians, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outras taças da história do Corinthians, clique aqui.
                  

terça-feira, 2 de maio de 2017

Pós-jogo: Ponte Preta 0x3 Corinthians

Campeonato Paulista 2017 – Final: jogo de ida

Campeão paulista com uma semana de antecedência? Sem medo de parecer arrogante: sim. A não ser que a Ponte Preta consiga um milagre daqueles que entram para a história e são exaltados por séculos, o Corinthians, com o 3x0 fora de casa desse domingo, já conquistou a taça.

Pois é. Enquanto uns jogam contra a Ponte e dão vexame, perdendo de três, outros dão show e ganham de três.

Próximo jogo: 7/5, contra a Ponte Preta, em casa, pelo Paulistão.

Veja os gols no vídeo:


Para ver os posts dos outros jogos do Campeonato Paulista de 2017, clique aqui.
      

Agenda – 1º de maio

No dia 1º de maio de:

  • 1929 ocorreu a primeira vitória internacional do Corinthians: 3x1 sobre o Barracas, da Argentina.
               
Para ver outras datas importantes da história do Corinthians 
na nossa agenda, clique aqui.

Agenda – 30 de abril

No dia 30 de abril de:

  • 1932 nasceu Mário Travaglinitreinador do Corinthians de 1982 a 1983.
               
Para ver outras datas importantes da história do Corinthians 
na nossa agenda, clique aqui.

Agenda – 29 de abril

No dia 29 de abril de:

  • 1893 nasceu Amílcar Barbuy, atacante que atuou no Corinthians de 1913 a 1923 e treinador do clube de 1934 a 1935, em 1937 e em 1943.
           
    Para ver outras datas importantes da história do Corinthians 
    na nossa agenda, clique aqui.