quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Pós-jogo: Santos 5x1 Corinthians

Campeonato Paulista 2014 – 4ª rodada 

5x1. O Corinthians foi humilhado pelo Santos na noite de ontem pelo incrível placar de 5x1. E o mais humilhante não é nem o resultado em si, mas o fato de que merecemos, e muito, tomar essa pancada. Não jogamos absolutamente nada; já o Santos botou a gente na roda, jogou muita bola e, como se espera de times competitivos em um clássico em que jogou praticamente sem adversário, bateu na gente sem dó. Foi ridículo.

Nesse início de temporada me parece que temos uma versão piorada do time do ano passado (que já era ruim): o ataque continua sendo de uma incompetência de dar pena, e o grande diferencial do time, a defesa, não funciona mais. Ficou claro na noite de ontem que simplesmente desaprendemos a nos defender. A quantidade de espaços que nossa zaga abre é inacreditável: Paulo André perde todas na velocidade, os laterais não fecham e Ralf está claramente com a cabeça em uma transferência para a Itália. Com isso, basta que o adversário possua jogadores minimamente competentes para que os caras deitem e rolem nas nossas costas.

Já sofremos 7 gols em 4 jogos no comando de Mano Menezes; com Tite, demoramos quase o primeiro turno inteiro do Brasileirão 2013 pra sofrer tantos gols. Por mais que ninguém tenha saudades da era da empatibilidade que atravessamos no ano passado, é fato que Tite nunca tomou de 5 de ninguém em mais de 3 anos de Corinthians, e Mano Menezes já conseguiu essa proeza em sua 4ª partida. Aliás, não tomávamos 5 gols em uma mesma partida desde 2007, ano do nosso rebaixamento, e a última vez que o Santos marcou tantos gols em nós em um único jogo foi no longínquo ano de 1964 – sim, nos tempos do Pelé.

Do jeito que as coisas vão, a Série B vai ser um fantasma que deve nos acompanhar ao longo do ano, de novo.

Claro que ninguém quer ver os gols da partida de ontem, mas como eu sempre coloco, segue o vídeo:


Para ver os posts dos outros jogos do Campeonato Paulista de 2014, clique aqui.
                           

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Agenda – 27 de janeiro

No dia 27 de janeiro de:

  • 1991 o Corinthians derrotou o Flamengo por 1x0 no Pacaembu, gol de Neto, e conquistou a Supercopa do Brasil de 1991, torneio extinto que colocava frente a frente os campeões nacionais do ano anterior: o Corinthians, campeão brasileiro, e o Flamengo, campeão da Copa do Brasil.
       

domingo, 26 de janeiro de 2014

Pós-jogo: Corinthians 0x1 São Bernardo

Campeonato Paulista 2014 – 3ª rodada 

Primeira vergonha do ano: derrota em casa contra o São Bernardo, na volta do time ao Pacaembu após sei lá quanto tempo.

Já não bastasse ter perdido a Copinha para o Santos mais cedo, no mesmo estádio, tivemos a manha de ser derrotado pelo São Bernardo, um dos times mais fracos de um campeonato de péssimo nível. Ridículo.

Veja o gol no vídeo:


Para ver os posts dos outros jogos do Campeonato Paulista de 2014, clique aqui.
             

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Pós-jogo: Corinthians 1x0 Paulista

Campeonato Paulista 2014 – 2ª rodada 

Ontem, em casa – mas não no Pacaembu, e sim em Americana, devido à punição que nos tirou o mando de alguns jogos – vencemos a segunda neste campeonato: 1x0 sobre o Paulista de Jundiaí.

O time não jogou lá essas coisas, e o gol só foi sair aos 33 do segundo tempo, com Guerrero, após cruzamento de Emerson. Terceiro gol do Corinthians no ano, todos de cabeça.

Nosso próximo jogo é sábado, em casa (em casa mesmo, no Pacaembu), contra o São Bernardo:

Veja o gol no vídeo:


Para ver os posts dos outros jogos do Campeonato Paulista de 2014, clique aqui.
                        

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Corinthianos Famosos – Luciano Huck

Luciano Huck (São Paulo, 3 de setembro de 1971), apresentador do Caldeirão do Huck, é mais um corinthiano ilustre.


Para ver uma lista de corinthianos famosos, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outros corinthianos famosos, clique aqui.
                

Corinthianos Famosos – Serginho Groisman

Sérginho Groisman (Sérgio Groisman, nascido em São Paulo no dia 29 de junho de 1950) é jornalista e apresentador de televisão. Atualmente trabalha na Rede Globo, emissora na qual apresenta o Altas Horas.

Serginho é fanático pelo Timão e chegou mesmo a faltar em uma prova na faculdade para ir ao estádio ver o Corinthians jogar.

Ele é um dos roteiristas do documentário Fiel, ao lado de Marcelo Rubens Paiva, e escreveu um livro infantil chamado "Meu Pequeno Corintiano".


Para ver uma lista de corinthianos famosos, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outros corinthianos famosos, clique aqui.
                

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Pós-jogo: Portuguesa 1x2 Corinthians

Campeonato Paulista 2014 – 1ª rodada 

A tarde de ontem trouxe o início de temporada para o Coringão. Foi dia de matar a saudade do nosso time do coração e, de quebra, ver como a equipe iria se comportar com a volta do comando de Mano Menezes após mais de 3 anos da Era Tite. A estréia foi com o pé direito: vitória por 2x1 sobre a Portuguesa, encerrando uma incômoda sequência de 14 partidas sem marcar mais de 1 gol.

Veja os gols no vídeo:

       

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Títulos – Recopa Sul-Americana de 2013

A Recopa Sul-Americana, confronto que reúne os atuais campeões da Copa Libertadores e da Copa Sul-Americana, sempre foi considerada um título menor, ainda que defina o "campeão dos campeões" da América do Sul. Suas edições, ao longo dos anos, nunca receberam muita atenção da mídia e nem mesmo dos torcedores das equipes envolvidas na disputa. Porém, a edição de 2013 do torneio ganhou um tempero especial por reunir dois times brasileiros e cuja rivalidade cresce a cada ano: o Corinthians e o São Paulo.

Quando vencemos nossa primeira Libertadores, no dia 4 de julho de 2012, o foco era na vaga para o Mundial da Fifa que a conquista nos dava. Poucos se lembravam que o título também nos classificaria para a Recopa. A situação começou a mudar no final daquele ano, quando o São Paulo venceu a Copa Sul-Americana. Se a disputa seria contra um grande rival, o título se tornou questão de honra.

Meses depois, já em julho de 2013, o tão aguardado confronto chegou. De um lado, o Corinthians, que além de campeão da Libertadores era o campeão do mundo e havia acabado de vencer o seu 27º Paulistão; de outro, o São Paulo, afundado na maior crise administrativa de sua história e batendo recordes de resultados negativos. Para muitos, o discurso era de que em clássico não havia favoritismo e que tudo poderia acontecer; outros, porém, afirmavam que o favoritismo era todo do Corinthians, pois a diferença do momento que cada equipe vivia se refletiria em campo.

Foi exatamente isso que aconteceu. No primeiro jogo, disputado com mando são-paulino no Morumbi, parecia que não havia adversário. O Corinthians dominou a partida desde o início e logo abriu o placar, com Guerrero. Mas o que parecia um anúncio de goleada se tornou preocupação logo no primeiro lance do segundo tempo: em uma jogada bisonha, Cássio tomou um frango vergonhoso. Isso deu moral ao São Paulo, que cresceu na partida, mas logo em seguida Renato Augusto fez um golaço encobrindo o goleiro Rogério e trouxemos um belo resultado para casa: 2x1.

A partida de volta, com o Timão jogando pelo empate e o Pacaembu pulsando, foi um passeio. Romarinho e Danilo fizeram os dois gols que garantiram o 2x0 e o título com 4x1 no resultado somado – e olha que cabia muito mais... Danilo, aliás, pôde levantar sua primeira taça como capitão, já que Alessandro, lesionado, não participou da partida.


Conseguimos assim um título inédito, mais uma taça internacional para o Memorial do Parque São Jorge – a terceira em pouco mais de um ano – e outro campeonato conquistado em cima do rival São Paulo, fechando um ciclo perfeito em que vencemos pelo menos uma vez cada torneio disputado desde o retorno à Série A, em 2008.


Time-base: Cássio; Edenílson, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Guilherme, Danilo (Douglas) e Romarinho (Renato Augusto); Emerson (Ibson) e Guerrero (Alexandre Pato). Técnico: Tite.

Observação:
Danilo foi eleito o melhor jogador da competição.

Para ver uma lista com todos os títulos da história do Corinthians, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outros títulos da história do Corinthians, clique aqui.
                   

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Agenda – 14 de janeiro

No dia 14 de janeiro de:

  • 1926 nasceu Baltazar, atacante que atuou no Corinthians de 1945 a 1957.

  • 2000 o Corinthians derrotou o Vasco por 4x3 nos pênaltis após 0x0 no tempo normal e na prorrogação e conquistou o Mundial da FIFA de 2000, o 1º de sua história.
        

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Agenda – 10 de janeiro

No dia 10 de janeiro de:

  • 1979 nasceu Alessandro, lateral-direito que atuou no Corinthians de 2008 a 2013.
         

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

sábado, 4 de janeiro de 2014

Agenda – 4 de janeiro

No dia 4 de janeiro de:

  • 1931 o Corinthians derrotou o Santos por 5x2 e conquistou o Campeonato Paulista de 1930, o 8º de sua história.
             

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Agenda – 1º de janeiro

No dia 1º de janeiro de:

  • 1910 nasceu Brandão, meio-campista que atuou no Corinthians de 1935 a 1946.


  • 1969 nasceu Paulo Sérgio Rosa, o Viola, atacante que atuou no Corinthians de 1988 a 1995.
                   

Agenda

A partir deste ano, vamos destacar diariamente fatos importantes que aconteceram na história do Corinthians. Títulos, partidas e fatos importantes, além das datas de nascimento dos maiores ídolos de nossa história, tudo isso será apresentado por meio desta agenda.