quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Corinthianos Famosos – Thiaguinho

Assim como Péricles, seu ex-companheiro de Exaltasamba, o cantor Thiaguinho (Thiago André Barbosa, nascido em Presidente Prudente no dia 11 de março de 1983) também é torcedor do Timão.

Já entrou para a história a comemoração corinthiana no círculo central do estádio de Yokohama, após a vitória do Mundial de 2012 contra o Chelsea, em que todo o elenco cantou a música "A amizade é tudo", de autoria do cantor. Veja a letra:

A amizade é tudo

Um sentimento natural
Que acontece com razão
É Deus quem escolhe
Quem vai se dar bem
A caminhada é igual
Seguindo a mesma direção
Pensando juntos nós vamos além

Lágrimas na vitória
Sempre na derrota ou glória
É luz na escuridão
Somos um só coração
Sempre vivo na memória
Faz parte da minha história

Nada vai nos separar

A amizade é tudo!

É se dar sem esperar
Nada em troca dessa união
É ter alguém pra contar
Na indecisão!
Nunca se desesperar
Sempre ali pra estender a mão
Maior valor não há!
É feito irmão!

  
Para ver uma lista de corinthianos famosos, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outros corinthianos famosos, clique aqui.
                

Corinthianos Famosos – Péricles

Outro corinthiano é Péricles, nascido em Santo André no dia 22 de junho de 1969, o líder do Exaltasamba ao longo de décadas – assim como seu ex-colega de grupo, Thiaguinho.

 
Para ver uma lista de corinthianos famosos, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outros corinthianos famosos, clique aqui.
                

Corinthianos Famosos – Netinho de Paula

Cantor, ex-líder do grupo de pagode Negritude Júnior, apresentador de TV e político filiado ao PCdoB, José de Paula Neto (São Paulo, 11 de julho de 1970), mais conhecido como Netinho de Paula, é mais um representante da fiel torcida no mundo da música.

  
Para ver uma lista de corinthianos famosos, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outros corinthianos famosos, clique aqui.
                

Corinthianos Famosos – Luciano

Welson David de Camargo, o cantor sertanejo Luciano, da dupla Zezé di Camargo e Luciano (Pirenópolis, 20 de janeiro de 1973) é outro corinthiano roxo. São famosas as apostas em jogos decisivos que ele faz entre amigos e principalmente com seu irmão Zezé – que é são-paulino.

Luciano também criou polêmica após a vitória na Libertadores contra o Boca, quando twittou um recado para os "Anti".

  
Para ver uma lista de corinthianos famosos, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outros corinthianos famosos, clique aqui.
                

domingo, 25 de novembro de 2012

Pós-jogo: Corinthians 1x1 Santos

Na despedida do Timão no Pacaembu nesse ano, não jogamos bem e apenas empatamos com o Santos, em 1x1.

É difícil ver a equipe comandada por Tite não fazer boas partidas, mas ontem foi um desses raros casos. Beleza que era clássico, mas o grau de dificuldade que vamos encontrar no Mundial é muito maior. Talvez não seja motivo pra se preocupar, mas é, no mínimo, pra ficar esperto.

O gol que sofremos foi de pura desatenção. No final do primeiro tempo, moscada federal da zaga corinthiana e Felipe Anderson abriu o placar pros caras. O Timão só foi empatar aos 34 do segundo tempo. Jorge Henrique sofreu uma falta na meia direita; ele mesmo bateu e Wallace, de cabeça, fez seu primeiro gol com a camisa do Corinthians e nos colocou em igualdade. E o jogo acabou mesmo em 1x1.

Com o resultado, nos mantivemos como a segunda melhor equipe do returno, ainda atrás do Fluminense, que também empatou. Caso a gente vença o São Paulo na rodada final do campeonato e o Fluminense empate ou perca para o Vasco, o Troféu João Saldanha é nosso.

É também importante ressaltar os confrontos contra o Santos no ano, onde rolou um grande equilíbrio: em 5 jogos, vencemos 1 (a partida de ida nas semifinais da Libertadores), perdemos 2 (na primeira fase do Paulista e no primeiro turno do Brasileiro) e empatamos 2 (o jogo de volta na Liberta e o de ontem). Mesmo assim, a memória do confronto no ano é bem doce: o que realmente importou, a vaga pra finalíssima da Libertadores, a gente papou.

Veja os gols no vídeo:

 

sábado, 24 de novembro de 2012

Pré-jogo: Corinthians x Santos

Sabe-se lá por que cargas d'água a CBF marcou o clássico entre Corinthians e Santos para um sábado. Mas não importa o dia, e sim o que a partida tem a oferecer. É nossa despedida do Pacaembu no ano, a torcida já esgotou os ingressos e o adversário, que já é um tanto quanto frágil (é o 10º colocado no Brasileirão e só venceu 5 jogos como visitante – embora tenha vencido a gente no 1º turno), joga desfalcado de seu grande craque, Neymar. Moral da história: temos que passar o trator.

Há varios elementos importantes envolvendo não só o jogo de hoje, mas as 2 rodadas restantes:

• temos a oportunidade de fechar o Brasileirão com dois clássicos, o que será um teste perfeito para o Mundial;

• clássico é clássico, TEM QUE GANHAR. Não importa se vai definir título, rebaixamento ou se não faz a menor diferença no campeonato pra nenhuma das equipes envolvidas;

• até o momento, o Corinthians faz a segunda melhor campanha do returno (2 pontos atrás do já campeão e desinteressado Fluminense). Caso consiga superar a equipe carioca, o Corinthians leva pra casa o inédito Troféu João Saldanha, concedido pelo Lance! à melhor equipe do segundo turno. Desde o início da era dos pontos corridos, o Corinthians jamais conseguiu essa façanha, nem mesmo nos títulos brasileiros de 2005 e 2011, quando foi a 2ª melhor equipe do returno;

• talvez o mais importante: mesmo jogando metade do Brasileirão com a cabeça na Libertadores e a outra metade com a cabeça no Mundial, o Corinthians pode fechar o campeonato em uma excelente 5ª colocação e sendo campeão do returno. Alguém ainda tem dúvidas sobre a qualidade do nosso time?
 
Agora é torcer para que as duas decisões do Brasileirão deem força para as duas decisões no Japão que podem nos levar ao bi-campeonato mundial.
   

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Títulos – Campeonato Paulista de 1914

Fundado em 1910, o Corinthians começou a sua trajetória do mesmo modo que todo clube do início do século XX: jogando na várzea. Na época, existiam duas ligas no futebol paulista, a Apea e a LPF, e cada uma organizava o seu próprio campeonato. Nossa primeira oportunidade de disputar torneios oficiais apareceu em 1913, quando nos classificamos para o Campeonato Paulista da LPF, a Liga Paulista de Foot-Ball, vencendo um torneio eliminatório varzeano contra as equipes Minas Gerais, do bairro do Brás, e FC São Paulo, do bairro do Bixiga. O que ninguém imaginava é que já em 1914, no ano seguinte, o Corinthians conquistaria o seu primeiro título, e ainda por cima com 100% de aproveitamento.

O torneio era em pontos corridos, com as sete equipes se enfrentando em turno e returno. Como dois dos participantes – o Hydecroft e o Germânia – se retiraram no meio da competição, apenas 10 partidas foram disputadas por cada uma das equipes restantes.

Tendo no elenco craques como Neco e Amílcar, os primeiros jogadores corinthianos a vestirem a camisa da Seleção Brasileira, o Corinthians se sagrou campeão de forma invicta, com 10 vitórias em 10 partidas, marcando 37 gols e sofrendo apenas nove. Em uma campanha irretocável, levantamos a taça por antecipação, na penúltima rodada, em 8 de novembro, diante do adversário direto ao título, o Campos Elyseos.

Arrasador, o Corinthians aplicou sonoras goleadas em seus adversários ao longo da campanha, como o 6x0 na estreia contra o Luzitano e duas vitórias sobre o Campos Elysios, por 5x1 e 4x0. De quebra, ainda teve o artilheiro da competição, Neco, com 12 gols.


Time-base: Aristides; Fúlvio e Casemiro González; Police, Bianco e César Nunes; Américo, Peres, Amílcar Barbuy, Apparício e Neco. Técnico: Casemiro González.

Para ver uma lista com todos os títulos da história do Corinthians, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outros títulos da história do Corinthians, clique aqui.
                   

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Pós-jogo: Internacional 0x2 Corinthians

O Corinthians conseguiu um excelente resultado na partida de ontem, contra o Inter, em Porto Alegre. Com um gol de Paolo Guerrero no finzinho do primeiro tempo e outro de Edenílson, um golaço de voleio, no fim da segunda etapa, derrotamos a equipe gaúcha por 2x0.

O que parecia um teste de fogo antes do Mundial acabou sendo um jogo bem tranquilo. Não sabemos se por desinteresse ou por pura falta de qualidade, o fato é que o Inter não teve espaços e quase não ameaçou nossa equipe, e nós dominamos a partida desde o início. Ótimo resultado e ótimo desempenho, pois a gente sabe o quanto é difícil ganhar deles no Beira Rio.

Veja os gols no vídeo:

 

domingo, 18 de novembro de 2012

Pré-jogo: Internacional x Corinthians

Já estamos na 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, e os 3 jogos que faltam são todos pedreiras: Inter no Beira Rio e dois clássicos, contra Santos e São Paulo – o que, segundo o Tite, não poderia ser melhor. Provas de fogo, pra que a gente chegue ao Mundial no auge.
         

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Gols Históricos – Ruço contra o Fluminense no Campeonato Brasileiro de 1976

Em 5 de dezembro de 1976, na semifinal do Brasileirão contra o Fluminense, jogo que entrou para a história e ficou conhecido como A Invasão do Maracanã, o tricolor carioca saiu na frente logo aos 18 minutos. O jogo só não complicou ainda mais porque apenas 11 minutos depois, aos 29, o volante Ruço fez um golaço, de meia-bicicleta, e empatou o jogo. O empate prevaleceu, inclusive na prorrogação, e conquistamos nos pênaltis a vaga para a nossa primeira decisão nacional.

Veja o gol no vídeo:

  
Para ver uma lista de gols históricos do Corinthians, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outros gols históricos do Corinthians, clique aqui.
              

domingo, 11 de novembro de 2012

Pós-jogo: Corinthians 5x1 Coritiba

Com uma exibição perfeita, o Corinthians goleou o Coritiba por 5x1 – marcaram Paulinho (duas vezes), Chicão (de pênalti), Fábio Santos e Guerrero.

Como disse o Tite após a partida, é o tipo da situação pra plantar dúvida na cabeça do treinador. Afinal, como escalar 11 titulares no Mundial após ver 14 jogadores (os 11 que iniciaram e os 3 que entraram no 2º tempo) jogando de forma impecável? E olha que ontem o Emerson nem jogou, pois estava machucado...

É fato: nossa equipe é muito competitiva. Esperamos que essa competitividade se transforme em mais um título no mês que vem.

Veja os gols no vídeo:

     

sábado, 10 de novembro de 2012

Pré-jogo: Corinthians x Coritiba

Pois é, o Mundial da FIFA está chegando. Logo, o Brasileirão está acabando – faltam apenas 4 jogos.

Hoje o adversário é o Coritiba, no Pacaembu - time que já escapou do rebaixamento e não busca nada no campeonato, ou seja, uma oportunidade perfeita pra fazer novos testes na nossa equipe. Pela primeira vez o Tite manda pro gramado um ataque formado por Jorge Henrique, Guerrero e Martínez, e Romarinho vai pro banco. Melhor assim. É bom que todos fiquem alerta nessa etapa da temporada: bobeou, vai pro banco. Assim todo mundo chega no Japão com o máximo de atenção.
   

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Corinthianos Famosos – Rita Lee

A rainha do Rock no Brasil, Rita Lee, também é do Timão. Rita Lee Jones, nascida em São Paulo no dia 31 de dezembro de 1947, fez parte dos Mutantes, grupo fundamental do rock nacional nos anos 60. Liderou também o grupo Tutti Frutti antes de seguir em carreira solo.


Para ver uma lista de corinthianos famosos, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outros corinthianos famosos, clique aqui.
                

Corinthianos Famosos – Dinho

Vocalista dos Mamonas Assassinas, um dos grupos de maior sucesso da música de nosso país e que tanto alegrou a população brasileira nos anos 90, Dinho também era torcedor do Timão. Nascido na cidade de Irecê, na Bahia, em 5 de março de 1971, Alecsander Alves se mudou para São Paulo ainda jovem, e sempre foi corinthiano.


Para ver uma lista de corinthianos famosos, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outros corinthianos famosos, clique aqui.
                

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Pós-jogo: Atlético-GO 0x2 Corinthians

Na tarde de ontem, Corinthians venceu com facilidade o Atlético-GO, decretando o rebaixamento da equipe goiana para a Série B.

Mas o que deve ser ressaltado é o desempenho do nosso time. Se o objetivo é colocar a equipe no nível máximo pro Mundial, ele está sendo alcançado. Ainda que nosso adversário fosse frágil, é visível que nosso time FUNCIONA. Temos qualidade, temos entrosamento, e o mais importante, temos VONTADE de vencer. Às vezes tudo isso não basta, mas o importante é estar no caminho certo. E estamos, sem dúvida.

Veja os gols no vídeo:

  

domingo, 4 de novembro de 2012

Pré-jogo: Atlético-GO x Corinthians

Já sabemos que o Corinthians não tem grande interesse nos jogos desse campeonato desde o início. Mas hoje o caso é ainda mais grave: o adversário, o Atlético-GO, também não tem. Afinal, é o lanterna da competição e já está virtualmente rebaixado.

Assim, a partida de hoje é mais 1 dos 5 "treinamentos de luxo" antes do Mundial.